domingo, 25 de setembro de 2011

Discurso de Dilma na ONU (Por Denise Puppin)

Dilma, nossa presidente (presidenta?!), discursou dia 21 setembro, na abertura da 66a Assembleia Geral da ONU, em Nova York.
Depois da saudar formalmente as autoridades, iniciou o discurso exaltando o valor e o orgulho de ser mulher.  Disse que "pela primeira vez, na história das Nações Unidas, uma voz feminina inaugura o debate geral, é a voz da democracia."
Prenuncia que esse será o século das mulheres e, exalta as palavras 'vida', 'alma', 'esperança', 'coragem' e 'sinceridade', todas do genero feminino .
Seu discurso foi interrompido 6 vezes por aplusos da assembléia. Suas palavras foram elogiadas por muitos políticos respeitados fora e dentro do país, entre eles Pedro Simon, Cristovam Buarque, Fernando Henrique Cardoso.

A oradora Dilma, com toda certeza treinou bastante a leitura do seu discurso, que estava sendo projetado em 2 teleprompters bem posicionados diante dela.

Iniciou e manteve o volume da voz alto. Manteve velocidade e pausas que favoreceram entendimento. A articulação foi precisa, todavia, tropeçou em algumas palavras. As repetia, quando percebia não te-las bem pronunciado.

Dilma se veste de modo bastante formal. Habitualmente usa tailleurs de cortes retos, as vezes, um pouco largos (talvez para facilitar-lhe o movimento ou, esconder um pouco as medidas). Nessa ocasião, vestiu-se de azul com joias pequenas de pérola. O fato da roupa ter sido de renda, revelou atualidade e modernidade.

Sua postura, como sempre revela um 'ar' severo e pouca simpatia. Embora tenha melhorado, ainda falta-lhe certa leveza nos movimentos, sobretudo, quando está andando, pois insiste em caminhar com as pernas um pouco abertas. 
Deixando os juízos de valor à parte, Dilma marcou presença na tribuna. Mais uma vez, escreveu seu nome na história. Honrou o Brasil, as mulheres, e nós nos orgulhamos do feito. Bom... pelo menos eu, sim.
Quero saber sua opinião. Assista. Comente! 


- Denise Puppin é fonoaudióloga, Professora de Oratória e Retórica contemporânea; Trainer e Coach de Apresentações, Discursos e Treinamentos; Consultora de Imagem e Estilo Pessoal; Master Practitioner em PNL (Instituto de Berlim/Rio), especialista em Experiência de Aprendizagem Mediada (Icelp/Rio), Terapeuta no 'método Padovan de Reorganização Neurofuncional'.    

Desde 1991, ministra treinamentos e cursos individuais, grupos e in company em ‘Comunicação & Oratória’.  

Este texto pode ser reproduzido desde que seja creditada a autoria e a fonte de onde o mesmo foi extraído. Lei 9610/98 – Proteção dos direitos intelectuais. Copyright dP® 2011 (Todos os direitos são reservados) - Texto registrado no EDA

3 comentários:

  1. Denise, Parabéns pelo equilíbrio de seus comentários, obviamente você viu muito mais... Mas sua elegância e consciência não te permitiram ampliar os comentários técnicos... As vezes o momento e seu significado superam qualquer técnica, Dilma foi ela mesmo, esta, a meu ver é uma técnica infalível! Múcio Morais

    ResponderExcluir
  2. òtimo saber que nós brasileiros somos presença marcante nos ouvidos da família humana, através dos líderes mundiais e principalemnte por uma mulher.

    ResponderExcluir
  3. Denise voce é incrivel, observa tudo perfeito e detalhadamente. Dilma foi maravilhosa, faltou os pequenos detalhes que só uma proficional como voce pode ver, adoro ler o seu Blog

    ResponderExcluir