domingo, 26 de fevereiro de 2012

Para quem gosta de arte.


Recomendo a exposição de Tarsila do Amaral - Percurso Afetivo que está no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), entre os dias 14 de fevereiro e 29 de abril – 2º andar.

Tarsila foi a mais importante pintora brasileira do movimento modernista. Alguns de seus quadros são de cores fortes, marcantes, com traços arredondados e desformes, como Abaporu (1928 - foto ao lado), que foi feito como presente ao seu marido Oswald de Andrade. Aliás, foi esse quadro que inaugurou o movimento antropofágico na história das artes plásticas brasileiras. Infelizmente, seu proprietário argentino, não permitiu que ele fizesse parte da exposição.

Outros quadros que mais me comoveram foram “Garimpeiros”, que retrata expressão sofrida e tocante de um escravo e, “Infância (Orfanato).

As diferentes características nos traços de Tarsila despertaram em mim uma sensação de que ela era uma mulher inquieta, sensível, elegante e com muito bom gosto. Nos quadros em que se auto retrata, destaco o que está vestida com uma linda capa vermelha e outro, um extravagante, longo e belo par de brincos dourados. 

Fiquei com vontade de me transportar ao passado e conhecer pessoalmente Tarsila, que nasceu em 1886 e faleceu em 1973. Ela me pareceu ser uma mulher incrível! Vanguardista.

7 comentários: