sábado, 14 de abril de 2012

Para quem gosta de ler e refletir.

REPENSANDO A CRISE.
(*Por Denise Puppin)


É muito fácil se colocar em estado de motivação quando se vive bons momentos, difícil é mantê-lo nas más fases.
         
Habitualmente, vitórias são sempre seguidas de muito trabalho, esforço e persistência. Infelizmente, na visão de muitas pessoas que estão ao redor daqueles que buscam incansavelmente o êxito, as inúmeras e frustradas tentativas, podem parecer fracasso.

Erros sucessivos desestimulam e podem conduzir à baixa auto estima, por isso é importante parar, avaliar, identificar e refletir sobre as falhas pregressas. Descobrir o motivo da dificuldade ou do mau funcionamento, são os indicativos  concretos dos caminhos e direções que não devem ser novamente seguidos.

Antes de retomar a jornada é fundamental reorganizar-se emocionalmente, para que a experiência adquirida seja compreendida como uma leve bagagem e não uma mala pesada cheia de frustrações. 

Este texto pode ser reproduzido desde que seja creditada a autoria e a fonte de onde o mesmo foi extraído - Lei 9610/98 – Proteção dos direitos  intelectuais - Copyright dP® 2012 (Todos os direitos são reservados)  - Texto registrado no EDA.

* Denise Puppin é fonoaudióloga, Professora de Oratória e Retórica contemporânea; Trainer e Coach de Apresentações, Discursos, Treinamentos e Gestão Estratégica nas Exibições; Consultora de Imagem e Estilo Pessoal; Master Practitioner em PNL (Instituto de Berlim/Rio), especialista em Experiência de Aprendizagem Mediada (Icelp/Rio), Terapeuta no 'método Padovan de Reorganização Neurofuncional'.
   
Desde 1991, ministra treinamentos e cursos individuais, grupos e in company em ‘Comunicação & Oratória’.  

16 comentários:

  1. Nei Inacio da Silveira14 de abril de 2012 19:56

    Os erros e acertos na vida tem o mesmo grau de importância quando contribuem para o nosso desenvolvimento como ser humano e espiritual. Uns não sabem que não alcançar um objetivo que planejamos não significa fracasso, e sim uma providência divina. Outros desconsideram os efeitos maléficos de uma vitória por estarem con seus ouvidos fechados para a voz de Deus.
    Portanto, devemos firmar nossos pés na rocha, elevar nossos olhos para os montes, e por em prática a nossa fé.

    ResponderExcluir
  2. Verdade, e eu estava precisando de ler algo assim.
    Obrigada.
    Maurília

    ResponderExcluir
  3. Nos dias atuais, a correria e competição, nos afasta de coisas muito importantes em nossas vidas, que podem fazer a diferença, rumo ao sucesso, paz interior e felicidade.
    Acho fantástico, que ainda exista pessoas preocupadas com o crescimento e conquista do nosso espírito.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o texto!!!
    Abraços,
    Lucas

    ResponderExcluir
  5. Beleza Denise.
    Sobre bons e maus momentos me lembrei de um fato: Os vietnamitas tinham acabado de sobrer uma derrota militar para os americanos. Estavam juntos diante de seus soldados mortos Ho Chi Minh e Niguien Von Giap e um disse para o outro: "Precisamos tranformar essa bosta numa flôr".
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom texto Denise! Concordo totalmente com vc qdo diz que é "essencial identificar os erros, refletir sobre eles e reorganizar-se emocionalmente para prosseguir". O mais importante de cada escolha errada é poder aprender com ela, é isso que nos leva ao êxito. E sempre, sempre prosseguir.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo texto, muitas vezes temos que parar e refletir o porque não deu certo... beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Excelente Denise!
    bjs
    Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  9. Olá Denise!
    Foi de grande importância o curso e as orientações dadas por vc me ajudaram a desenvolver novas habilidades. Gostaria muito de retomar de onde paramos.
    Bjs e fica com Deus.

    ResponderExcluir
  10. Denise,
    Saúde!
    Parabéns por seu blog.
    Sugiro a você colocar, de vez em quando, pensamentos de filósofos importantes, cujo pensamento foi decisivo no comportamento humano. Alguns exemplos: Platão, Tomás de Aquino, Descartes, Sartre, Heidegger, Maritain e tantos outros.
    Acredito que a sua lucubração ficaria mais rica.
    Vá em frente.
    Beijos.
    Máriton

    ResponderExcluir
  11. Bom dia!
    Maravilhoso! Tudo a ver com meu post mesmo http://comigomesmasim.blogspot.com.br/2012/04/erro-como-passo-de-evolucao.html?showComment=1335106070081
    Adorei este blog e estou seguindo.
    Beijos, Theka.

    ResponderExcluir
  12. OLá Denise, boa noite!
    Te vi lá na Blogosfera, e como gosto muito de refletir, blogar e interagir, não perdi tempo, vim "correndo" pra fazer tudo isso..rsss

    De fato, motivar-se em momentos de má fase não é fácil, e justamente é a hora em que mais se precisa de motivação pra seguir em frente com bom ânimo. E, veja só que coincidência, no meu post poético faço uma referência sobre errar pra se conquistar o acerto, e se apropriar da emoção com as mãos...

    Que bom ter vindo aqui. Estou te seguindo, e voltarei mais vezes!

    Feliz nova semana pra vc!

    BJos da Lu...

    ResponderExcluir
  13. Denise que texto bacana! Você consegue colocar em palavras a alma da gente! Cai como uma luva para mim. Temos que detectar nossos erros, analisá-los para depois nos reequilibrar emocionalmente. Esse é o caminho da maturidade, mesmo que alguns não entendam tantas tentativas, a vitória é certa! Confiança e Fé em si mesmo!

    ResponderExcluir
  14. considero que as más fases também são motivadoras, para que as superemos e saiamos de tal estado, foi o que aprendi ao longo dos meus 64 anos.
    abraços.

    ResponderExcluir
  15. Oi,Denise.
    Tudo bem?
    Passei aqui no seu blog e li seus textos. Achei tudo sincero e profundo, como você. Gostei bastante. Continue escrevendo, é importante provocar reflexões nas pessoas e isso você sempre soube fazer muito bem.

    beijos,
    Patrícia

    ResponderExcluir
  16. NOSSA..MUITO BOM PARA ALIMENTAR NOSSO ESPIRITO E VOUTAR A ACREDITAR QUE VAMOS CONSEGUIR VENCER..


    ABRAÇOS
    ILTAMAR BARBOSA

    ResponderExcluir